INFORMAÇÕES

A educação social pauta-se pelo compromisso com a luta pelos direitos humanos em todas as suas categorias, portanto, configura-se como potencializadora das ações dos educadores na afirmação dos direitos de cidadania de populações em situação de vulnerabilidade social. 

A partir do primeiro ENES alguns encaminhamentos devem ser observados: caráter nacional; realização bienal; ênfase na participação de indivíduos, mais do que instituições; multireferencialidade e interdisciplinaridade teórica; debate que garanta políticas de afirmação de direitos; estímulo ao processo de construção de práticas educativas e implementação de formas de organização de educadores; e a contribuição para o diálogo internacional sobre Educação Social.

Já foram realizados 07 ENES, a saber: o “I Encontro Nacional de Educação Social”, realizado em junho de 2001, na cidade de São Paulo/SP, com cerca de 1000 participantes, o “II Encontro Nacional de Educação Social” realizado em julho de 2002, em Maringá/PR, com cerca de 700 participantes, o “III Encontro Nacional de Educação Social” realizado em novembro de 2004, em Colatina/ES, onde participaram cerca de 750 pessoas, o “IV Encontro Nacional de Educação Social” realizado em novembro de 2006 em Belo Horizonte - MG onde participaram 800 pessoas,  o “V Encontro Nacional de Educação Social” realizado em novembro de 2008 em Recife – PE com a participação de cerca de 1.200 pessoas,  o  VI “Encontro Nacional de Educação Social”  realizado em Julho de 2011 na cidade de Goiânia-GO e o VII “ Encontro  Nacional de Educação Social” , realizado em outubro de 2017 em Fortaleza-se. Os participantes são oriundos de diversas áreas de políticas públicas, de garantia de direitos humanos, de programas governamentais e não governamentais, de movimentos sociais entre outros. Notadamente o maior público é o que atua com crianças e adolescentes, fato que pode ser explicado pela iniciativa dos profissionais e militantes da área da criança e do adolescente em realizar o I Encontro Nacional de Educação Social.

A realização do VIII ENES - Encontro Nacional de Educação Social na cidade de São Luís, estado do Maranhão, no período de 28 a 31 de maio de 2020, tendo como propósito:

a) dar continuidade ao debate e intercâmbio nacional e internacional de experiências; 

b) identificar os caminhos da educação social na perspectiva do fortalecimento da democracia brasileira, 

c) Proporcionar espaço de reflexão e formação aos educadores sociais e profissionais, entre outros que se fizerem presentes; 

d) Debater sobre as perspectivas para a formação de Educadores Sociais no Brasil a luz da educação popular, 

e) dar continuidade ao processo de discussão sobre a regulamentação da função/profissão de educador/ educadora social, 

f) proceder com os debates necessários para a consolidação da Associação Nacional de Educadores e Educadores Sociais.

A partir do primeiro ENES alguns encaminhamentos devem ser observados: caráter nacional; realização bienal; ênfase na participação de indivíduos, mais do que instituições; multireferencialidade e interdisciplinaridade teórica; debate que garanta políticas de afirmação de direitos; estímulo ao processo de construção de práticas educativas e implementação de formas de organização de educadores; e a contribuição para o diálogo internacional sobre Educação Social. O público previsto para o VIII ENES é cerca de 300 (Trezentas) pessoas, trabalhadores e outros atores da educação social e movimentos sociais, provenientes das cinco regiões do país e de outros países da América Latina.

Na observância dessa dinâmica, o VIII ENES busca cooperação técnico-financeira junto a pessoas físicas e/ou jurídicas (empresas, organizações, entidades, órgãos governamentais e/ou não governamentais) para dar prosseguimento às ações desenvolvidas por meio do debate plural e ético.

© 2019 por Campanha Nacional Criança não é de Rua